A Quarta Dimensão está Diante de Nós
Entrevista de Leading Edge com Drunvalo Melchizedek
(Texto gentilmente cedido pela Revista AMALUZ Brasil)

Drunvalo Melchizedek é um homem gentil e generoso, que "entrou" no seu corpo físico adulto em 1972 e que conserva plena memória através de diferentes existências e de dimensões variáveis de consciência. Ele é um consumado cientista, físico, inventor, curador e professor. Seu principal propósito ao vir para nosso mundo tridimensional neste momento é ajudar a população da Terra a fazer uma transição suave através da vindoura Mudança das Eras. Ele sente que seu mais importante trabalho é nos lembrar de nossos MerKaBa, os poderosos campos etéricos que existem em torno de cada um de nossos corpos, que estiveram em estado dormente desde a queda da Atlântida, a qual ocorreu aproximadamente 13.000 anos atrás. Drunvalo e seus facilitadores ensinam a aceleração da perfeita saúde, bem-estar e transformação espiritual através da ativação do MerKaBa, o que resulta num contato mais profundo com o Ser Superior e fornece "uma proteção sem paralelo" enquanto a Terra passa por suas mudanças, além de fortalecer todos os aspectos da vida da pessoa. O MerKaBa é ativado mediante um antigo modo de respirar e de meditar originalmente ensinado na Escola de Mistérios do Egito.


LE: Você sente que nossa sociedade vai se fazer em pedaços rapidamente...ou que a vindoura mudança pode ser suave?
Drunvalo: Sinto que tudo é um sonho. Tudo é luz. E é o que pensamos que seja, estejamos conscientes ou inconscientes disso. Se nos reunirmos suficientemente em nossos corações, poderemos mudar esse sonho e diminuir a violência e a dor que poderiam acontecer durante a transição. Se estivéssemos completamente juntos como um planeta de amor, essa transição teria grande beleza. Seria a coisa mais bela que alguém seria capaz de imaginar.
Estamos prestes a implementar um programa de limpeza para o mundo... se o governo secreto nos permitir, e eles estão dizendo que permitirão.

LE: Estão mesmo? Você está em comunicação com eles?
Drunvalo: Eles estão fazendo um bom trabalho, mas estão passando por uma série de mudanças.

LE: Conte-nos sobre seu programa de limpeza.
Drunvalo: Bem, o programa é notável. Nós descobrimos como eliminar do planeta toda a poluição... purificar o planeta, trazendo-o de volta para o estado em que se encontrava 1000 anos atrás, e podemos fazer isso em menos de um ano.

LE: É fantástico!
Drunvalo: Nossa esperança é que as pessoas, quando observarem o planeta delas retornar a um estado de limpeza, responderão não desejando continuar a fazer o que vêm fazendo, para não recriar tudo mais uma vez. Podemos conserválo limpo. Aprendemos como. Daqui a pouco discutirei mais esse ponto.

LE: Tudo bem. Você pode partilhar alguns detalhes sobre a mudança quadridimensional vindoura para a qual estamos indo?
Drunvalo: O que está acontecendo agora é que as almas estão se deslocando por todo o universo, rumo às áreas geográficas com as quais estão mais sintonizadas em termos vibracionais. Assim, quando elas fizerem a transição, será mais confortável para elas, e mais compreensível.

LE: Quando a mudança acontecer, ainda haverá um mundo tridimensional para as pessoas desejosas de viver em 3D? Qual a sua percepção disso?
Drunvalo: Meus anjos (o Eu Superior de Drunvalo) estão dizendo que este planeta, se continuar do jeito que está indo, se não mudar, não vai ser habitável. Existe alguma coisa acontecendo na terceira dimensão que está forçando a luz a se mover para o alto (em dimensão). A Terra tem muitos níveis dimensionais. Existem muitos mundos aqui. Não é apenas um.

LE: Então, você está percebendo que, quando a mudança acontecer, a terceira dimensão, tal como a conhecemos, não existirá mais.
Drunvalo: Bem, realmente não faz muita diferença se vai existir ou não. O que vai acontecer é que a consciência será forçada a se deslocar para níveis superiores. Quem está fazendo isso? É Deus. Deus está nos forçando a fazer uma mudança, seja qual for a razão. A mudança está vindo, de fora do sistema (solar), e é provocada por Deus, de nosso ponto de vista.

LE: Será que inicialmente todo mundo vai estar no mesmo lugar na quarta dimensão?
Drunvalo: Vocês podem se encontrar em freqüências diferentes na quarta dimensão, mas apenas por algum tempo. No final, todos estarão na décimasegunda tonalidade da quarta dimensão, e dali daremos um enorme salto em termos de consciência. A partir daquele ponto, segundo os Mestres Ascensionados, nós nos moveremos muito rapidamente, e nunca mais seremos os mesmos.

LE: Além da quinta dimensão?
Drunvalo: Nós iremos para a quinta, que é sem forma. Não existe forma na quinta dimensão. Embora a quarta dimensão tenha forma, ela é quase inexistente ali também.

LE: Você tem alguma estrutura temporal de quando isso vai ocorrer?
Drunvalo: Qualquer pessoa que realmente queira saber pode ir para dentro de si mesma e descobrir. Não creio que seja uma boa idéia fornecer um quadro temporal... embora acredite que será muito em breve. É perigoso fornecer um período, especialmente para certas pessoas. Seria semelhante a dizer a uma pessoa o dia exato em que ela vai morrer. Sua vida inteira, a partir daquele momento, não seria vivida do mesmo modo. Assim, se você sabe o dia em que você vai fazer a transição dimensional, isso coloca sua mente no futuro e não no aqui e agora, que é o único lugar que você pode mudar. Portanto, não gosto de fazer previsões sobre quando as coisas acontecerão.

LE: De que modo um casal, um homem e sua mulher ou dois amigos,pode permanecer junto durante essas transições dimensionais?
Drunvalo: Lembre-se de que seu parceiro/parceira tem dentro de si, literalmente, a consciência Crística. Olhe para os olhos da outra pessoa e olhe além da personalidade até que você encontre aquele lugar especial na pessoa... onde você percebe a consciência Crística. Se vocês dois vêem a consciência Crística um no outro, então esse laço é tão forte que pode superar tudo. Acho que é uma das coisas mais poderosas que existe. Você não está olhando para a outra pessoa apenas como para um ser humano, você está compreendendo e vendo seu lado divino.
Isso era feito na Lemúria. Eles iam para o lugar, nas suas meditações, no qual viam o Cristo no interior um do outro. Quando eles faziam amor e tinham um bebê, percebiam que o bebê era Deus. Na realidade...realmente fazendo isso... realmente tornando isso vivo, eles se tornaram imortais. Essa forma de Tantra conduz à imortalidade. Você não precisa ter um filho. Tratase apenas de saber que Deus vive com a outra pessoa... que Deus efetivamente vive em todas as pessoas. Vivencie essa crença e você consegue suportar qualquer coisa.
Gostaria de continuar falando sobre algo que iniciei antes.

LE: Por favor, prossiga.
Drunvalo: Meus anjos me pediram para dar uma olhada no que está acontecendo em Sirius B. É onde existe o planeta dos golfinhos e baleias. Até recentemente, os golfinhos e baleias estavam nessa de tecnologia externa. Isso é documentado pelo que aconteceu com a tribo Dogon, eles vieram do espaço e aterrissaram em espaçonaves entre os Dogon e criaram água e foram para ela. Se você não tem conhecimento disso, leia o livro de Robert Temple, The Sirius Mistery.

LE: Tudo bem.
Drunvalo: Está escrito numa caverna na África que os golfinhos e baleias tiveram espaçonaves até pelo menos 700 anos atrás. Meus anjos me contaram que aproximadamente há 200 anos os golfinhos e baleias iniciaram um processo no qual estão abrindo mão da tecnologia externa, e eles conseguiram se libertar totalmente dela e internalizar tudo. Então, eles não precisam mais de coisa alguma. Tudo está completamente interiorizado. No planeta deles, em torno de Sírius B, existem tipos humanóides que ainda estão ligados em tecnologia, como acontece conosco. E eles criaram uma tecnologia psicotrônica do cérebro direito. Ela não tem partes móveis. Parece escultura, eles podem fazer o que quiserem com ela. É uma tecnologia que, uma vez usada, transforma o usuário, de maneira que ele compreende que pode fazer dentro de si mesmo o que quer que tenha acabado de aprender. Os humanóides estão se tornando cetáceos com enorme rapidez. Na verdade, a própria tecnologia está livrando eles da tecnologia.

LE: É maravilhoso!
Drunvalo: Como comecei a dizer antes, estamos prestes a implementar algo assim aqui na Terra. Agora recebemos permissão, e fizemos muita coisa para nos certificar de que temos permissão de todos os níveis (do espírito). Estou me referindo aos nossos passos iniciais para limpar o planeta. Temos uma tecnologia simples. Opera em apenas 20 miliwatts de potência, o que é quase nada. Precisa apenas de uma minúscula bateria de 12 volts, mas com esse pequeno dispositivo recentemente acabamos de limpar a cidade de Denver inteira. Denver era a cidade mais poluída dos Estados Unidos. Agora é uma das mais limpas. Você pode ir até lá e ver um inseto voando no horizonte... de tão limpa que está!
Há dois anos, um grupo de cientistas de uma empresa denominada Key Research, Inc. construiu uma pequena máquina que criou um toro (em inglês tubetorus) de 35 milhas de diâmetro. Tudo que fizeram foi jogar para o ar a forma de onda de uma nuvem de chuva. O que ela faz é limpar todos os poluentes no céu. Ela traz chuva. Eleva o lençol freático (camada de terreno aqüífera). Também fez cair em 31% a taxa de criminalidade. É muito complexa e não posso entrar agora em tudo isso, há muito mais sobre ela. Tem a ver com as linhas geopáticas que correm através de Denver. Existem seis linhas. Elas tiveram de ser mapeadas.

LE: Seus planos são de mandar gente com essa tecnologia para diferentes cidades?
Drunvalo: Vamos treinar pessoas para fazer isso e limpar diferentes áreas. Estamos conversando com o Egito sobre a limpeza de Gizé e do Cairo, duas áreas que estão muito sujas. Acreditamos que, se isso for implementado na área correta, quase da noite para o dia (na verdade, são necessários menos de 90 dias para se fazer a parte principal da limpeza) todos os céus do mundo estarão limpos. Em seguida, podemos ir para os oceanos e limpá-los. O próximo passo é o ozônio, podemos curar a camada de ozônio. Então podemos ir para a Terra e efetivamente transmutar as toxinas venenosas e o urânio e tudo o mais em benéficos elementos terrestres e restaurar a Terra do modo como era antes. Sabemos como fazer isso.

LE: Seus anjos lhe deram a informação para construir esse dispositivo?
Drunvalo: Não. Foi uma das pessoas com quem eu costumava trabalhar que o construiu. Ele obteve a informação a partir da geometria sagrada e a colocou em pequenas e delicadas espirais.

LE: Temos a informação de que você passou um bocado de tempo na quarta dimensão. Poderia descrevêla, falar mais sobre isso?
Drunvalo: Não é nada semelhante à terceira dimensão. Cada nível dimensional é totalmente diverso. Cada vez que damos um passo é diferente.

LE: Diferente... como água e terra?
Drunvalo: É ainda mais diferente do que isso. Tudo... todo o modo pelo qual o espírito se relaciona é diferente. Na quarta dimensão vocês têm corpos, mas podem voar. Não precisam de comida. Existem muitas diferenças. As cores são totalmente distintas. O modo de você interagir não é como indivíduo mas como uma unidade, como uma célula num corpo. Então, tudo que você está fazendo está sendo feito em sincronismo com outros seres vivos. Ainda que alguns dos reinos inferiores da quarta dimensão não sejam saudáveis. São um tanto distorcidos, como este daqui, onde você encontra muitas formaspensamento esquisitas. Mas os reinos superiores são muito evoluídos. Os sétimo, oitavo e nono tons são onde estão os seus reinos angélicos. O décimo, décimo-primeiro e o décimo-segundo, logo em seguida a eles, são onde se encontram os níveis mais elevados de consciência humana. Outros níveis de consciência também se movem através deles, não apenas humanos.

LE: Você afirmou antes que podemos mudar as formas dos nossos corpos em 4D. Parece que não vamos ficar entediados.
Drunvalo: É mil vezes mais interessante do que aqui. Cada respiração é como uma eternidade, de tão especial. Perdemos nossa conexão com Deus aqui e não recordamos o que é ter eus dentro e em torno de nós, movendose através de nós, e ser intimamente ligado a Deus, de tal modo que não importa o que você esteja pensando e esteja sentindo é diretamente criado. Você poderia ir para a quarta dimensão e efetivamente recriar a terceira dimensão. Isso é brincadeira de criança do ponto de vista dos seres da 4D). Ali nós somos considerados bebês. Assim, como um bebê nós vamos criar um mundo mais ou menos tridimensional, mas não vai durar muito porque você compreende rapidamente que seja lá o que você estiver pensando começa a acontecer, e a idéia toda de que nós somos separados se torna sem sentido num piscar de olhos.

LE: Qual é nosso próximo passo na evolução?
Drunvalo: Realmente não posso dizer, exceto que nós avançaremos para um estado sem forma. Não teremos corpos e em larga medida não teremos uma expressão localizada. Seremos muito mais expandidos, mas a compreensão de "expandido" continuará a aumentar. Cada vez que vamos para outra dimensão, a compreensão se torna mais e mais elevada. Ela continua a crescer.

LE: Uma vez que entremos na quarta dimensão, quanto tempo levará, em tempo da Terra, para chegarmos ao décimosegundo tom e decolarmos além dele? Pode dar uma estimativa?
Drunvalo: Tudo é potencial. Tudo é luz. É um pensamento na mente de Deus. O que vai acontecer é que nossa memória de nossa Terra 3D anterior será como se tivesse acontecido muito tempo atrás. Você poderia estar na quarta dimensão por centenas de milhares de anos e voltar à Terra e apenas alguns segundos teriam passado aqui. É muito diferente em 4D. Estamos agora lentamente começando a ter interface com a quarta dimensão. Muitas pessoas pensam que já estamos lá. Não estamos. Mas os efeitos da 4D estão começando a ter efeito sobre o tempo. O tempo está acelerando. As coisas estão começando a ir num ritmo realmente rápido.

LE: Na sua percepção, esse movimento dimensional vai além do nosso sistema solar, da galáxia, ou inclui todo o universo?
Drunvalo: Agora acreditamos que ele afeta toda vida, por toda parte.

LE: Neste momento, muita gente está preocupada com a nossa economia. Você pode fazer comentários sobre isso, no contexto do que estamos discutindo?
Drunvalo: Estamos seguindo para um tempo em que tudo pode cair em pedaços. Isso poderia acontecer. Os Mórmons recebem instruções de se preparar para o que poderiam ser dois anos sem botar os pés numa loja. Creio que, se as coisas começarem a quebrar, vamos ter muito pouco tempo disponível antes da transição. Poderiam ser apenas uns poucos meses. E talvez passemos por isso (transição) absolutamente sem qualquer aviso. Estamos (o grupo de Drunvalo) neste momento fazendo coisas para ajudar a tornar mais fácil a transição. Quanto mais tempo pudermos ficar em 3D na Terra neste período, melhor será; isso nos dá mais tempo para tornar as coisas mais fáceis. Até agora, o governo secreto não está nos impedindo.

LE: Você pode falar sobre isso? Até que ponto o governo secreto tem consciência das suas atividades?
Drunvalo: Eles estão totalmente conscientes. Alguns deles estão nos ajudando por todos os meios ao seu alcance. O maior problema agora, porém, são os militares. Existem certas pessoas entre os militares que estão fora de controle. Há muito medo. O que está acontecendo agora é que essa compreensão (da vindoura mudança dimensional) foi filtrada para os níveis inferiores do governo. Por muito tempo permaneceu restrita ao governo secreto, e uns poucos líderes governamentais privilegiados tinham permissão de saber. Agora, muitos dos dirigentes do governo sabem.

LE: Então, alguns membros do governo secreto estão trabalhando em harmonia e cooperação com você, em vez de contra você?
Drunvalo: Bem, é complexo. Por volta de 1985 ou 1986, o governo secreto compreendeu que não havia sentido em regressar a Marte (Nota do Editor: vejam o livro Alternative Three para informação referente às bases da Terra construídas na Lua e em Marte pelo governo secreto há alguns anos). Eles permitiram que o Muro de Berlim caísse e em seguida a Rússia, e permitiram que a informação começasse a vazar em muitos níveis, porque começaram compreender que tudo era Uno. Eles não gostaram de chegar a essa compreensão. Não estava na sua natureza, e durante toda a sua vida eles tinham feito todo o possível para deter isso, e agora compreendiam que eles próprios eram parte de algo de que jamais quiseram ser parte... que foi o que aconteceu na Atlântida quando eles estiveram lá. Eles não quiseram ser uma parte do caminho feminino. Então, uma porção deles rompeu e realmente desafiou o sistema.
(Em setembro de 1995 eles iam explodir oito bombas atômicas no Atol de Mururoa, no sul do Pacífico. (Pesquisa editorial: um artigo da agência de notícias Associated Press datado de 5/9/95 de Papeete, Taiti, afirmava: "A explosão ocorreu às 12h30 do dia – 5h30 da manhã EDT – no interior de um túnel escavado a 1800 pés abaixo de Mururoa... A explosão foi equivalente a menos de 20000 toneladas de TNT... a bomba atômica que destruiu Hiroshima era equivalente a cerca de 15000 toneladas de TNT... Chirac anunciou os testes planejados em junho, dizendo que eles eram necessários para que a França pudesse criar simulações de computador que tornariam desnecessários testes subseqüentes. ‘Esses programas são indispensáveis para que possamos estar em posição de garantir a viabilidade e a certeza de nossas armas nucleares a longo prazo’, constava numa declaração do Ministro de Defesa.") Vocês tinham conhecimento disso?

LE: Não.
Drunvalo: Eles explodiram seis bombas. Foi através dos franceses, mas não foram os franceses que fizeram isso. Houve diversos governos envolvidos. O governo secreto queria explodir o eixo da rede de consciência Crística, que passa exatamente através do centro da Terra. Ao mesmo tempo — no dia anterior à explosão da bomba e no dia seguinte —, o tráfego foi totalmente bloqueado na Grande Pirâmide. Eles estavam concentrando seus instrumentos ali, na Cruz Solar do Egito, para verificar que danos haviam feito. Eles queriam verificar a força da consciência do povo da Terra. Com a quinta bomba, na realidade, a Terra começou a despertar. Ela estivera inconsciente e adormecida. Com a sexta bomba, em janeiro de 1996, a Terra despertou. Agora ela está consciente. Agora que está desperta, ela começará a fazer mudanças que ninguém pode deter, embora ela ainda não tenha começado.

LE: Eles danificaram a rede Crística?
Drunvalo: Não. Na sexta bomba, eles tinham seu pessoal de informações dentro das pirâmides em observação, para ver o que aconteceria. Naquele momento, um homem apareceu a partir do nada no meio deles. Era um dos Mestres Ascensionados. Ele não disse uma palavra. Abriu um livro etérico e deixou que eles lessem nele. Depois disso, eles mudaram de idéia e cancelaram as outras duas explosões nucleares, embora isso jamais tenha sido anunciado ao mundo. Mas eles ainda têm uma coisa em andamento, que é a HAARP (Editor: projeto rádiofísico, pouco conhecido e patrocinado pelo Pentágono, denominado HighFrequency Active Auroral Research Program, destinado, segundo a revista Popular Science, "a transformar áreas da atmosfera superior no equivalente de enormes lentes, espelhos e antenas.")

LE: Sim. No Alasca. É tão ruim como dizem na revista Popular Science?
Drunvalo: É pior. É uma arma milhares de vezes mais forte do que uma bomba atômica. Ela faz uma bomba atômica parecer uma bombinha de festa de criança. Quando estiver aperfeiçoada, eles poderão ir a um país como a Inglaterra e destruílo em questão de segundos.

LE: Eles produzem diferentes tipos de ondas de rádio.
Drunvalo: Por meio das antenas da HAARP, eles podem transmitir bilhões de watts de energia para a atmosfera. Na realidade, eles fazem ferver a ionosfera e a transformam numa antena, como um espelho do qual é possível enviar reflexos para a Terra. Eles enviam para cima ondas ELF, de freqüência ultra baixa, mas elas retornam em ondas longas, e eles podem enviar quantidades colossais de energia para onde queiram, não importa qual lugar. Eles podem causar uma enorme destruição. Podem mudar os padrões meteorológicos, podem controlar os estados de espírito, os pensamentos e os sentimentos das pessoas por meio disso. E isso estará online na primavera de 1997. A primeira bomba atômica foi explodida (e eles jamais falaram sobre isso na ocasião) sem que se soubesse se o mundo inteiro iria explodir quando a bomba fosse detonada. E eles a explodiram mesmo assim. Isso está documentado na história. O governo queria tanto vencer a guerra que estava disposto a correr o risco. Na primavera da 1997, quando a HAARP estiver a pleno vapor, ninguém sabe o que vai acontecer. Na realidade, eles poderiam destruir toda a ionosfera! Eles não sabem, mas estão dispostos a correr o risco.

LE: Você está dizendo que alguns dos níveis do governo secreto querem que vocês tenham sucesso, não os grupos que romperam e se afastaram do grupo principal.
Drunvalo: Sim, eles compreendem que nós somos os únicos (de que eles saibam) que têm uma resposta para eles, uma resposta que podem perceber, e eles querem que tenhamos sucesso. São os níveis mais altos dos militares que estão morrendo de medo. A razão do medo deles é que eles estão lá, com suas máquinas do tempo à beira do Grande Vazio. Eles podem ir para o passado e para o futuro mediante a compreensão dos experimentos Montauk e através de sua visão a distância (dois sistemas diferentes). E agora, quando estão olhando para o Grande Vazio, estão recebendo instruções de ir até lá. Isso é muito real para eles. Eles localizaram o Grande Vazio e enviaram pessoas para seu interior e essas pessoas jamais voltaram de lá. Eles estão morrendo de medo.

LE: Eles sabem que, de algum modo, vocês têm as respostas para o Grande Vazio?
Drunvalo: Sim. Alguns dos níveis mais altos do governo secreto sabem disso. É com os níveis inferiores que estamos tendo problemas no atual momento. Então, se for necessário, entraremos nas máquinas deles e iremos para dentro do Grande Vazio (nota do editor: protegidos por um MerKaBa) e sairemos, para que eles possam verificar que está tudo bem...que a vida não desaparece simplesmente, e assim eles podem ter esperanças porque não queremos que ninguém seja ferido por isso, nem mesmo os militares. Provaremos a eles que está tudo bem. Seja qual for o preço.

LE: Os grupos trabalham em conjunto com seus MerKaBa?
Drunvalo: Sim. Se você conhece o trabalho avançado, duas ou mais pessoas podem unir os seus campos de energia). Um MerKaBa trifásico, que é a denominação que damos a ela, não é pouca coisa. Tem 1,6 milhão de milhas de diâmetro. Envolve inteiramente o planeta. Se o amor delas for suficientemente grande, duas pessoas num MerKaBa trifásico poderiam mudar totalmente o mundo. Vai depender de quanto vocês podem aceitar e de quanto elas acreditam que Deus está presente!

A Flor da Vida e a MerKaBa — Drunvalo Melchizedek
Nesta época em que tanto ouvimos falar da existência de vários mestres, canais e seres iluminados que estão no nosso planeta para nos auxiliar em nosso processo evolutivo, achamos importante trazer aos nossos leitores algumas informações a respeito de um Ser que veio de uma dimensão superior e que irradia Amor Incondicional para tudo que tem VIDA, Drunvalo Melchizedek!!!

A origem do nome, Drunvalo Melchizedek, e o lugar de onde veio estão interrelacionados. A consciência de Melchizedek é um aspecto da consciência Universal Una. Quando Deus decidiu experienciar a criação, Melchizedek se dividiu em duas consciências: uma deste Ser e a outra chamada consciência Crística. Sendo assim, a consciência Crística é derivada da consciência de Melchizedek. A diferença é que a consciência de Melchizedek não tem forma no seu estado original, é pura Luz. Enquanto a consciência Crística é o aspecto que começou a integrar a possibilidade de ter forma e manifestação. A partir desta primeira divisão, houve várias outras subdivisões dentro da mesma consciência Crística.
Mas na verdade existe apenas Uma realidade.
Portanto, o que existe é um ciclo de Vida com seres descendo e outros subindo, mas todos fazem parte do mesmo Espírito Criador — de Deus. Há somente uma força vital que se move através de tudo o que existe. De acordo com o processo de ascensão, a energia da vida começa a se mover em direção a outros planos até chegar ao nível da consciência de Melchizedek.

Drunvalo veio ao nosso plano com a missão de nos ajudar na transição da terceira para a quarta dimensão e, de acordo com a informação que dá em seu workshop, A Flor da Vida, esta mudança no nível de consciência será um grande salto na nossa evolução. Parte do seu ensinamento é para nos ajudar a lembrar da nossa conexão com Deus através da ativação da nossa MerKaBa. A MerKaBa é tudo que tem vida no Universo, é como um cristal, pode ser programada e não tem limites. Na nossa ascensão ela será usada como um veículo orgânico natural, como um campo de energia cristalina que nos transportará para a próxima dimensão.

A MerKaBa pode ser utilizada como proteção, mas o que realmente devemos considerar é a intenção e a direção de nossos pensamentos, e para ativála precisamos sentir AMOR INCONDICIONAL. No momento em que ocorrer a transição e mudança dos Pólos Terrestres, será preciso que estejamos conectados com O AMOR, A BELEZA, A CONFIANÇA, A HARMONIA, A PAZ E A VERDADE.

Drunvalo nos aconselha, também, a trabalharmos nossos medos, pois na quarta dimensão tudo o que pensamos é manifestado na realidade externa. De acordo com ele, todo o nosso planeta ascensionará, ninguém vai ficar para trás já que, neste momento, podemos contar com a ajuda de inúmeros seres de luz e temos a atenção de todo o Universo! É como se toda a Criação estivesse interessada no processo da ascensão terrestre!
O importante é sentir amor por toda a existência e reconhecer a presença de Deus nos olhos de cada pessoa que encontrarmos! O amor move montanhas!!! LITERALMENTE!!